(Martinho da Vila)

 A alegria em forma de poesia negra, o ritmo contagiante de um ativista cultural criado na Serra dos Pretos Forros, sim, falamos de Martinho da Vila. A Vila em questão é a Vila Isabel, à qual o compositor dedicou-se de corpo e alma sendo um dos expoentes mais conhecidos da sua Escola de Samba.

Responsável pelo projeto O Canto Livre de Angola que trouxe, em 1982, os primeiros artistas africanos ao nosso país, liderou, ainda, o Grupo Kizomba, que deu origem aos encontros internacionais de arte negra.

Kizomba é também um dos muitos temas que criou para a Escola de Samba Vila Isabel, em 1988. Do quimbundo, a palavra significa festa, festa do povo, e Kizomba, a Festa da Raça garantiu para a Vila seu consagrado título de Campeã do Centenário da Abolição da Escravatura.

Vale encantar-se nesse canto…

http://letras.mus.br/martinho-da-vila/287389/

 

Tânia Jordão

Anúncios