“A Igreja armênia canonizou simbolicamente quinta-feira, 23/04, as vítimas do martírio armênio, às vésperas das comemorações oficiais do centenário do ‘Grande Mal’. ‘Cerca de 1,5 milhão de armênios foram deportados, mortos, torturados, mas permaneceram fiéis a Cristo’, disse o líder da Igreja armênia, o Catholicos Karekin II, na cerimônia de canonização.”
EPA1720187_Articolo
Anúncios