“Uma sociedade que não se dá conta da importância da família e da urgência de a proteger e apoiar, antes de tudo enquanto bem para todos, é uma sociedade destinada a desaparecer, que começa a tornar-se uma soma de indivíduos sós e frágeis, como aquela velha senhora perdida dentro do seu hospital.”

DR
DR

O Observatório da Evangelização indica a provocativa reflexão de Assuntina Morresi:

http://www.snpcultura.org/sem_familia_a_solidao_invisivel.html#.VPSzHYY8kHo.google_plusone_share

Anúncios