Um pedido todo especial partiu do papa Francisco na cidade italiana de Prato, na Toscana, conhecida como uma das capitais têxteis da Europa. Aos empreendedores que queriam lhe oferecer tecidos para os paramentos da Igreja, o Papa sugeriu que dessem um novo rumo à gentileza dos presentes: metros de tecido deveriam ser destinados a confeccionar roupas para abrigar os pobres que passam frio ou camisetas para estudantes pobres de países tropicais.

EPA1619682_LancioGrande

O bispo de Prato, Dom Franco Agostinelli, já anunciou que a ideia de Francisco foi acolhida com entusiasmo. Inclusive as 270 empresas chinesas associadas à CNA (Confederação Nacional do Artesanato e da Pequena e Média Empresa) aderiram à iniciativa e poderão contribuir não somente com tecidos, mas com roupas já confeccionadas.

A economia de Prato, com pouco mais de 190 mil habitantes, gira em torno da produção têxtil desde a época medieval. O Pontífice encontrou com os trabalhadores e empreendedores de Prato, na praça central. Somente depois, o papa Francisco seguiu para Florença, onde encontrou os participantes do V Convênio Eclesial da Igreja italiana, entre bispos, sacerdotes, religiosos e leigos. Na agenda de Francisco, em Florença, também constou um encontro com os doentes e almoço com os pobres.

EPA1796162_Articolo

Fonte:

http://br.radiovaticana.va/news/2015/07/28/empres%C3%A1rios_t%C3%AAxteis_de_prato_doar%C3%A3o_roupas_aos_pobres_/1161458

Anúncios