Para inspirar a caminhada, publicamos aqui o belo poema de Paulo Gabriel:

Hands_Joined

MÃOS QUE CURAM

Há mãos que tecem o futuro, que enxugam a lágrima e o pranto.

Há mãos que fazem do amor um gesto e desafio, e que, ao acarinharem o rosto, tudo se ilumina.

Há mãos que rezam porque crêem na vida, e, se abraçam a carne, a alma irradia paz.

Há mãos que desafiam a morte e, entrelaçadas, fazem do grito bandeira e da cruz rebeldia.

Há mãos que, ao tocarem, curam o corpo, e é Deus que toca por meio delas.

Fonte:

(Publicado em PEREIRA, M.A. e GABRIEL, P., O beijo de Deus. O evangelho da rua segundo o tio Maurício, São Paulo: Paulinas, 2005, p. 81)

Anúncios