Entrevista com Socorro Martinez Maqueo, RSCJ

display_1444447900_attach12

1. Quais são os objetivos do II Congresso Continental de Teologia?

Propusemos um objetivo geral e alguns específicos. Nossa prioridade é reunir teólogos / as do Continente para discernir, a partir da Palavra de Deus, a presença do Espírito Santo no interior das práticas de solidariedade com os excluídos, como raiz de uma nova forma de ser comunidade cristã e da necessária reforma que a Igreja é desafiada a fazer no contexto atual. Também temos estabelecidos alguns objetivos específicos:

1) Recolher algumas práticas sociais e pastorais especialmente significativas, a fim de discernir as interpelações do Espírito que nos chegam desde a realidade e das lutas de sujeitos invisibilizados e excluídos da sociedade.

2) Aprofundar a visão bíblica original da ação do Espírito na história e na comunidade cristã.

3) Identificar onde e como se gesta, alimenta e articula o “fazer-nos cristãos em comunidade” diante dos desafios de um mundo profundamente transformado, plural e conflitivo.

4) E, finalmente, acolhendo o desafio de participar no atual processo de reforma da igreja, elaborar propostas concretas que possam ser reconhecidas pelas estruturas das igrejas locais e capazes de, cada vez mais intensamente, animar o testemunho evangélico, a opção pelos pobres, o permanente discernimento no Espírito e o serviço mútuo nas comunidades cristãs.

 

2. Para quem foi planejado e organizado este Congresso?

Consideramos que seja um congresso aberto a todas as pessoas que se identificam com a Teologia da Libertação: teólogos/as, agentes de pastoral, bispos, comunicadores/as, educadores, cientistas sociais, religiosos/as, leigos/as comprometidos com a Igreja e com os movimentos sociais.

3. Como foi a preparação do Congresso?

Planejar um congresso exige muito trabalho porque engloba múltiplos aspectos. Implica constante trabalho de equipe, revisão permanente, consulta, discernir os caminhos de Deus em nossa história, além das questões de infra-estrutura. Tudo isso aconteceu em equipe, em constante comunicação via skype e algumas reuniões presenciais. Tudo isso aconteceu também em constante comunicação com os grupos nacionais que realizaram Jornadas de Teologia em vista do Congresso, além do Simpósio do Cone Sul sobre a Reforma da Igreja, que nós fizemos no ano passado.

photo-437x500

Socorro Martinez Maqueo é mexicana, religiosa da Congregação do Sagrado Coração. É assessora e articuladora continental das CEBs na América Latina. Atualmente está na coordenação da Ameríndia Continental. 

Fonte:

http://www.amerindiaenlared.org/congreso2015/noticia/26/los-propositos-del-ii-congreso-continental-de-teologia–entrevista-con-socorro-martinez-maqueo-rscj/

Anúncios