Um filme que merece ser assistido, sobretudo, pela atualidade dos fatos nele retratados, 30 anos depois:

  • a violência no campo contra os trabalhadores;
  • a morosidade das políticas públicas de reforma agrária;
  • e necessária opção da Igreja, por fidelidade ao Evangelho de Jesus, pelos mais pobres, excluídos da mesa da cidadania e da dignidade reconhecida.

Igreja dos Oprimidos

3ceb20507ba7f7dbe665216afaabc56a_jpg_290x478_upscale_q90

A Igreja Católica, como mensageira do Deus da Vida, coloca-se do lado e junto com os pobres e oprimidos, acolhe a angústia de sua dor e encoraja a denúncia da violência e a luta por justiça e reforma agrária.

O filme “Igreja dos Oprimidos” foi dirigido por Jorge Bodanzky em 1985, com roteiro dele e da jornalista Helena Salem. Vale a pena conferir

Anúncios