Empenhar-se na luta pela dignidade humana e a paz é inerente ao ser cristão, pois Jesus assim pautou sua existência: defendendo, até o fim, os direitos de todos os injustiçados de sua sociedade. Participe da caminhada:

CARTAZ PARA DIVULGAÇÃO

Prezado Senhor,

               Cumprimento-o cordialmente e convidamos Vossa Senhoria, para realizarmos em parceria a Décima Quinta Caminhada Contra à Violência Doméstica,  evento a ser realizado no dia 06 de março/2016, na cidade de Betim, Estado de Minas Gerais, no Parque de Exposição às 08:00 horas. O evento terá inicio às 08:00 horas com previsão de termino às 16:00 horas.

Solicitamos apoio e parceria com a doação de 10 (dez) de oito metros, para divulgação do evento, cada unidade custa R$ 80,00 reais, serão fornecidas notas fiscais, referente ao valor da doação, haverá rua de lazer, atividades artísticas e culturais, emissão  de documentos, dentre outras atividade, nesse dia será um dia dedicado ao combate a violência contra a mulher.

Durante a realização do evento, haverá palestras sobre a violência contra a mulher, distribuição material informativo sobre os direitos da mulher, Lei Maria da Penha, divulgação nas redes sociais e no site, cartazes, panfletos, material sobre violência domestica e direitos das mulheres, Lei Maria da Penha, nosso objetivo é conscientizar as pessoas sobre a importância de combater todas e quaisquer violações de direitos humanos, especialmente a violência contra a mulher e a saúde da mulher, vírus HIV/AIDS, Direitos econômicos, Governança e Geração de Trabalho e renda, oportunidade de trabalho já que a maioria das mulheres são chefes de família.

A cada ano vem aumentando os índices de violência contra a mulher em nossa cidade, nosso debate tem como objetivo chamar atenção diretamente, para a realidade atual da situação das mulheres vitimas de violência.

Alguns fatores como a dependência econômica e financeira, a necessidade de alimentação, a falta de oportunidades, a submissão, a sobrecarga de responsabilidades e o aumento considerável do número de mulheres chefes de família, são fatores de grande relevância, para o aumento alarmante da violência contra a mulher,

Queremos mudar a realidade das mulheres em nossa comunidade, cercada de violência, desigualdades sociais, pobreza e falta de políticas publicas e oportunidade no mercado de trabalho, por meio da implementação de políticas públicas integradas.

Por que esse assunto é importante?

– a cada 2 minutos 7 mulheres são espancadas

– a cada 90 minutos 1 mulher é assassinada

– a cada 5 mulheres 1 sofre algum tipo de violência

Algumas atividades que serão desenvolvidas:

– Cadastro de trabalhador- Dermatologista – exames de manchas e feridas, atendimento médico, aferição de pressão arterial, medição de glicose, ginástica, caminhada, – Divulgação e pré-cadastro do programa “Mães de Minas”, saúde da mulher, adolescente, aleitamento materno, boas práticas do parto humanizado, prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, avaliação do índice de massa corporal, antropometria.
– Emissão de Documentos: Certidões, Carteira de Identidade e Trabalho
– Exame de DNA
– Gincana e roda de jogos sobre Educação Fiscal
– Jogos educativos de cidadania, atividades artísticas e culturais
– Orientações Jurídicas e Audiências de Conciliações

Entidades que vão participar do evento Ministério Público, Defensoria Pública, Comissão de Direitos Humanos, Igreja Católica, Igrejas Evangélicas, Secretaria de Saúde, Cras, Secretaria de Assistência Social,  dentre outras Autarquias, Fundações, Instituições, OAB, CDL ect.

 Cordialmente,

 

ANISIO  IZIDORO  

Coordenador e Idealizador do Projeto

GLEISSON ROBERTO DE MEDEIROS                                                                  

PRESIDENTE                                                                 

Contato: (031)  98973.20.71 – 99744 60 59   anisioizidoro@gmail.com.br

Anúncios