pastoral-afro

No dia 5 de novembro, as comunidades negras de todo o Brasil irão participar da XX Romaria ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, chamada carinhosamente de “Mãe negra” e “Mariama”. Neste ano, o tema proposto é “O povo de Deus com o olhar da Mãe negra misericordiosa” e o lema: “Com a Mãe Aparecida, amor e fé, rumo aos 300 anos”, que recorda a preparação para a celebração do tricentenário do encontro da imagem da padroeira no Brasil no rio Paraíba do Sul.

“Vamos até o Santuário da Mãe Aparecida louvar a agradecer a oportunidade de caminharmos enquanto comunidade de fé. Será uma caminhada de festa e alegria. Encontraremos outros caminheiros e lá celebraremos a Eucaristia com aquilo que é nosso jeito de ser, rezar e celebrar a vida. Enquanto caminheiros vamos parar na casa da mãe Aparecida e celebrar o nosso carinho pela Padroeira do Brasil”.

Pe. Jurandyr Azevedo Araújo

Assessor nacional da Pastoral Afro-Brasileira

O objetivo da XX Romaria das Comunidades Negras Católicas é…

“resgatar a cultura, contemplando o rosto da Mãe Negra, a Mãe da Misericórdia que se faz presente na nossa história triste e sofrida, mas também nas alegrias das conquistas e na responsabilidade que os desafios na realidade apresentam”.

O texto foi preparado pela Pastoral Afro da diocese de Bagé (RS). Padre Jurandyr conta que a cada ano cresce a animação, a organização, a qualidade, a quantidade e o envolvimento de grupos da Pastoral Afro-Brasileira na Romaria. “Temos que comemorar com muita alegria esses vinte anos de caminhada”, afirma.

Fonte: CNBB

Anúncios