A Pastoral da Comunicação da Arquidiocese de Belo Horizonte realizou no último sábado, dia 20 de maio, o 7º e-Pascom, no auditório da Paulinas Livraria. O encontro refletiu sobre o tema “Comunicar esperança e confiança, no nosso tempo”, apresentado pelo Papa Francisco para o 51º Dia Mundial das Comunicações Sociais. Cerca de 60 pessoas participou do evento, que foi assessorado pelo jornalista, editor chefe do Jornal Super Notícia e pastor, Rogério Maurício.

A mensagem de dom Walmor, apresentada na abertura do encontro, provocou os participantes sobre a importância do tema e do momento da partilha promovido pela pastoral. Em meio à avalanche de notícias ruins, os agentes da Pastoral da Comunicação foram convidados pelo arcebispo a pensar sobre o desafio e responsabilidade de serem portadores da esperança no atual contexto social.

A mudança de comportamento dos cristãos sobre o tipo de notícia que tem sido buscado, o senso crítico e o processo de comunicação foram alguns dos assuntos trabalhados pelo jornalista Rogério Maurício. “Nós cristãos temos que estar cheios de Deus e cultivar o relacionamento com Ele, através da Palavra. Pois, Deus dá sempre a chance de melhorarmos”.

Para Maiza Lacerda Santos, da Paróquia Santo Agostino, em Contagem, da Região Episcopal Nossa Senhora Aparecida, a abordagem do tema foi extremamente sensibilizadora. Um dos aspectos positivos destacados por ela foi o sincretismo religioso com a escolha do palestrante, já que Igreja celebra a semana ecumênica todos os anos.

Dom Joaquim Mol, que acompanha a Pastoral da Comunicação na Arquidiocese de Belo Horizonte e foi vigário episcopal para a Comunicação e Cultura, até o ano passado, gravou uma mensagem para os agentes, ressaltando que o encontro revela momentos especiais, pois possibilita a consciência dos muitos que integram a pastoral e encorpa todo o trabalho da Pascom na arquidiocese. “É propício colocar sempre no centro das preocupações da Pascom o anúncio de Jesus Cristo”, destacou dom Mol, bispo auxiliar e referencial na Região Episcopal Nossa Senhora da Esperança, mencionando a carta de São Paulo aos Romanos, no capítulo 10 – que diz: “Ora, como invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele que não ouviram? E como o ouvirão, se ninguém o proclamar? E como o proclamarão se não houver enviados”?

Depois do segundo momento da palestra, a Região Episcopal Nossa Senhora da Conceição compartilhou a experiência da Pascom da região, em parceria com o colegiado regional de catequese. A coordenadora do colegiado regional, Joelma Cruz, apresentou a dinâmica da caminhada da Rensc, que tem fortalecido as ações de comunicação, em sintonia com o Projeto de Evangelização – Proclamar a Palavra.

Após o sorteio, padre Wagner da Paróquia São Domingos de Gusmão fez a benção final e o encerramento do encontro.

(Fotos: Gustavo Sales – PASCOM RENSE)

Por Raquel Córdova

Jornalista

Coordenadora da Pastoral da Comunicação da Região Episcopal

Nossa Senhora da Conceição

Anúncios